Search
Search
Close this search box.
Mochilões e Mochilinhas

Um final de semana em Madri

Índice

Sexta -feira (10/10/2014)

Nosso primeiro final de semana desde que nos mudamos para Dublin foi em Madri. Louco, né? Pois é…coincidiu com o último final de semana que o pai do Celo estaria na Europa, então lá fomos nós!

Embarcamos pela primeira vez com a empresa irlandesa Aer Lingus, ótima por sinal, e em menos de 3 horas, estávamos em Madri. Chegamos por volta de 20h no Aeroporto de Barajas e de lá mesmo, pegamos o trem para a estação Tirso de Molina, fazendo duas baldiações no meio do caminho.

Chegamos na rua do hotel e ficamos preocupados com o que vimos, porque era bastante deserta. Tentei pensar que estávamos na Europa e não no Rio de Janeiro para me acalmar e logo logo, chegamos no hotel Casa de Huéspedes Prada. Reservamos ele no mesmo dia, levando em consideração que queríamos ficar perto dos bares legais para poder aproveitar bastante a noite, mas não queríamos gastar muito.

Este hotel é bem limpo e organizado, mas tem alguns problemas: o wifi não pega dentro do quarto, os banheiros são compartilhados, não tem café da manhã, a rua é deserta à noite e o pior, o primeiro andar do prédio em que está fede bastante (o hotel não fede, porque é como se fosse um apartamento no segundo andar). Enfim…valeu pela localização e preço em cima da hora.

Deixamos nossas mochilas, nos arrumamos e fomos jantar no melhor restaurante da região de La Latina, segundo o TripAdvidor, o Taberna La Concha. (PS: A gente sempre baixa o guia offline das cidades que visitamos, porque nunca compramos chips com internet, então dá para pesquisar as coisas enquanto você está andando pela cidade). Gente, o restaurante é muito, muito, muito bom mesmo! E é muito mais barato que os restaurantes de Dublin… Viva! Pedimos várias tapas (mini porções) e bebemos duas cavas deliciosas! Cavas são os espumantes espanhóis, by the way. Achei tudo delicioso, o atendimento excelente e o ambiente muito cool. Perfeito para nossa primeira noite.

Sábado (11/10/2014)

Acordamos cedo para aproveitar bastante a cidade. Saímos do hotel e entramos em  uma padaria maravilhosa, a Panishop. Comemos croissants deliciosos e bem mais baratos do que os que vimos em Dublin e fomos passear sem pressa.

Passamos primeiro na Plaza Mayor, que é a mais famosa da cidade. A praça é bem maneira, rodeada por prédios colados que fecham um quadrado. Algumas fachadas desses prédios estavam em obras, mas eles se importaram em cobrir com telas bacanas para não atrapalhar as nossas fotos. Olha que legal:

Nesta praça, vimos vários artistas fazendo performances e alguns restaurantes localizados nesses prédios do quadrado. Como ainda estava cedo, os restaurantes não estavam bombando e não deu para entender muito o porquê desta praça ser tão famosa, mas quando passamos por ela mais tarde, estava uma energia deliciosa. Saímos de lá e passamos por umas ruas com arquitetura bem legal até chegarmos ao famoso Mercado de San Miguel. Ainda estava fechado, mesmo sendo perto de 10h, então só olhamos por fora e voltamos depois. (vou contar depois mais deltalhes – vale muito a pena a visita!)

Seguimos andando pelas ruas e amei os prédios da região. Deu vontade de tirar foto de todos, de tão diferente que eram. Olha só:

Andamos até o Palácio Real  e os 5 minutos que ficamos na fila foram somente porque o Palácio não tinha aberto ainda. Maior sorte! Que lugar lindo…eu amei praticamente todas as salas por onde passamos. Uma decoração mais linda que a outra… É uma pena que eu só levei o celular para esta viagem, então as fotos não estão tão boas, mas faça um favor e vá ver pessoalmente. 🙂

Ficamos um bom tempo lá, passando inclusive pela sala de armas, que tem tudo a ver com Game of Thrones! 🙂 Saímos de lá bem animados e fomos na igreja que tem ao lado do Palácio, mas como ia ter uma missa em pouco tempo, só entramos rapidinho para ver a arquitetura por alto e saímos antes da missa começar. Bem bonita também..

Andamos mais um pouquinho e passamos pela loja do Geppetto (personagem que criou o Pinóchio), fofa demais:

Depois demos a sorte de presenciar um casamento espanhol muito pomposo (olhem esses chapéus que lindos!) :

Passamos no museu Reina Sofia, principalmente para ver o famoso Guernica, mas não achei nada demais. O museu é bem maneiro, com uma mistura do moderno e clássico, e o quadro é bem interessante, mas não me interessei por nada mais…rs.

IMG_20141012_122338545

De lá, voltamos para o Mercado de San Miguel e pegamos uma mesa bem no centro, de onde podíamos ir nos mini restaurantes comprar várias tapas deliciosas. Os preços são salgados, mas achamos tudo delicioso e o melhor, a energia do mercado é muito boa! Só saímos de lá porque as cadeiras não eram muito confortáveis e acabamos indo para a Plaza Mayor, onde sentamos no Magerit. Bem bom também!

Depois de lá, fomos para o bairro de La Latina e conhecemos outro bar de tapas ótimas, mas muito cheio, que não recordo o nome. Comemos algumas tapas e decidimos voltar para o bar da noite anterior, o Taberna La Concha. Realmente este lugar me marcou!

Domingo (12/10/2014)

Acordamos e fomos tomar café em outra padaria perto do hotel, também deliciosa, mas como não tirei foto, não lembro o nome. Sorry. De lá fomos andando até a famosa praça Puerta del Sol, onde tem o urso com a árvore clássico. Estávamos indo para o Parque del Retiro, mas nos deparamos com as ruas fechadas, porque estava tendo um desfile da guarda. Descobrimos que era feriado nacional, conhecido como Dia de Hispanidade, que celebra a chegado de Colombo nas Américas. Conseguimos ver a guarda desfilando, mas não chegamos a ver o Rei e a Rainha.

Depois que o desfile terminou, conseguimos entrar no Parque del Retiro e ficamos surpresos com o que vimos. Que parque lindo e que energia boa, viu…vários artistas com paradas super diferentes. Deu vontade de dar contribuição para todos!

Saímos de lá e passamos na Puerta de Alcalá, que é isto aqui ó:

Depois, fomos para o bairro Salamanca, que é bem mais arrumado que o centro. Passamos pela Biblioteca Nacional e pelos Jardines de Descubrimiento até chegarmos a um mercado maravilhoso, o PlateaEste mercado tem vários andares e restaurantes com todo tipo de cozinha, além de ter música ao vivo de qualidade. É bem pomposo e por isso, as comidas são mais caras do que nos restaurantes de rua que visitamos. Ele fica na Calle de Goya, que é uma rua bem chique, com várias lojas caras (para quem gosta de fazer compras é uma boa!).

Andamos até o Museo Nacional del Prado e ficamos bastante tempo dentro dele, porque ele é enorme!! Eu não tenho muita paciência para museus, mas gostei do que vi, apesar de desejar a todo tempo bancos para sentar. Este museu é o considerado o Louvre da Espanha. Focamos em conhecer as obras mais famosas, que você encontra aqui.

Fundo do Prado
Fundo do Prado

Saímos de lá famintos e paramos para comer em um restaurante ótimo (gente, tá ficando repetitivo isso, mas é verdade!), o Mercado de La Reina. Tapas, tapas e mais tapas e depois de quase 1 hora, fomos expulsos do balcão, porque o restaurante só iria funcionar com as mesas e precisávamos ter feito reserva.

Mudamos para o restaurante Orio, de gastronomia vasca, e continuamos comendo, comendo, comendo. Quando estávamos indo embora, tivemos a bela surpresa de encontrar o Marcelo da Seleção Brasileira, autor do primeiro gol da Copa do Mundo (contra, ok…rs). Obviamente, paguei mico pedindo para tirar foto, mas tirei:

Segunda-feira (13/10/2014)

Celo viajou cedo, mas eu continuei em Madri, porque a passagem era bem mais barata se eu voltasse à noite. Fiz check out no hotel e aproveitei o dia para passear mais ainda pela cidade, passando pelos lugares que mais tinha gostado. Andei de novo pela Plaza Mayor, Parque del Retiro e pela Puerta del Sol, parando para comer em um restaurante bom também, o Café y Tapas, mas não tão bom quanto os outros. Peguei o trem de volta para o aeroporto, entrei na sala de embarque e para não dizer que os vôos só atrasam no Brasil, tive que esperar meia hora pelo meu. Em compensação, aproveitei o vôo da Aer Lingus e comi um sanduíche  delicioso da Clodagh  McKenna, que é uma chef irlandesa bem famosa. Delícia de vôo e viagem. Definitivamente, um final de semana GORDO e FELIZ. 🙂

Europa, venha com tudo que eu quero lhe conhecer melhor!<3

Índice

Parceiros
Recentes
Newsletter
Instagram
Facebook
Planeje sua viagem
Booking.com

Planeje sua viagem com nossos parceiros!

Ao usar os links abaixo para organizar sua viagem, você ajudará este blog a continuar existindo, já que os nossos parceiros nos repassarão uma pequena comissão. Você não pagará nada mais por isso e nós ficaremos muito felizes! :)

Conteúdo Relacionado

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter