Sábado (09/05/2015)

Um casal de amigos muito querido decidiu viajar pela Irlanda de carro e passar o final de semana em Cork, cidade que fica a apenas 2h30 de Dublin. Impossível não ir encontrá-los lá, né? Pois bem…Compramos as passagens de trem com antecedência no site da IrishRail (90 euros ida e volta para nós dois), mas podíamos ter ido de ônibus também (acho que é até mais barato, mas não acho tão legal…rs). No dia da viagem, pedalamos de casa até a estação Heuston por uns 20 minutos e pegamos o trem que partiu pontualmente às 7h da manhã. Achei o trem bem limpo e confortável, mas o melhor foi ver os preços não absurdos do bar (principalmente das cervejas!) e nossos nomes em cima dos assentos que reservamos. Me senti importante 🙂 A ideia era ficar acordada para ver todo o trajeto e poder tirar fotos bacaninhas, mas depois de tanta área verde sem graça, dormir foi inevitável.

Dublin Heuston
Estação de trem – Dublin Heuston

DSC00420

DSC00128

DSC00127
Nossos nomes em cima dos nossos assentos!
Estação de trem de Cork
Estação de trem de Cork

Andamos uns 5 minutos desde a estação de trem até o nosso albergue, o Brú Bar Hostel. Ele é super bem avaliado em todos os sites de reserva de hospedagem e fica em uma localização bem bacana, entre o centro de Cork e a estação de trem. Como o nome mesmo diz, ele é um albergue e um bar ao mesmo tempo, ou seja, se você quiser paz, lá não é seu lugar. Os quartos privativos estavam lotados, então ficamos em um quarto com 4 camas por 40 euros para nós dois. Não gostei de subir os 3 lances de escada para chegarmos ao nosso quarto, mas depois agradeci por não ter ouvido nenhum barulho durante a noite.

St Patrick's Church no caminho da estação de trem para o albergue
St Patrick’s Church no caminho da estação de trem para o albergue
DSC00140
Trinity Presbiterian Church no caminho da estação de trem para o albergue
Rua do albergue
Rua do albergue
Bar do albergue
Bar do albergue
Muitas escadas
Muitas escadas
Área comum do albergue
Área comum do albergue
Área comum do albergue
Área comum do albergue
Cozinha
Cozinha
Nosso quarto
Nosso quarto

Cork possui apenas 120 mil habitantes e pode-se dizer que foi erguida sobre a água. O seu nome em irlandês, Corcaigh, significa “pântano” e foi a partir de uma ilha entre dois braços do rio Lee que ela começou a ser erguida. A cidade é praticamente toda plana e as atrações são relativamente perto umas das outras, então dá para passear de bike ou a pé mesmo. Repleta de ruas estreitas, canais e casas de arquitetura georgiana, ela é extremamente agradável e acolhedora, mesmo com o tempo chuvoso constante que pegamos no final de semana. Nos impressionamos com a quantidade de pubs e artistas de ruas, e apesar de termos tido dificuldade para escolher restaurantes, achamos todos os pratos que comemos deliciosos. A fama que a cidade tem pela boa culinária não deve ser por acaso, né…

Nós conhecemos boa parte das atrações em uma tarde, usando como base o mapa abaixo que pegamos no albergue:

O centro da cidade é esta ilha e os números são as atrações turísticas da cidade
O centro da cidade é esta ilha e os números em amarelo são as atrações turísticas da cidade. O nosso albergue é o balão cinza mais a direita que existe no mapa (bem embaixo do balão azul).

Centro da cidade de Cork

Atravessando o rio Lee
Atravessando o rio Lee
St Patrick's Bridge
St Patrick’s Bridge
Chegando no centro da cidade
Chegando no centro da cidade
Prédios da St Patrick's Street
Prédios da St Patrick’s Street
Prédios da St Patrick's Street
Prédios da St Patrick’s Street
Prédios da St Patrick's Street
Prédios da St Patrick’s Street
Ruelas do centro
Ruelas do centro

English Market – a principal atração da cidade é um mercado de 1610 que vende várias coisas deliciosas prontas para comer ou para levar para casa. A rainha Elizabeth visitou o mercado recentemente e a foto dela no mercado é praticamente um ponto turístico.

DSC00185

A rainha Elizabeth visitou o English Market e é o sucesso!
A rainha Elizabeth visitando o mercado…olha o cara da foto ali atrás!
Enlglish Market - a principal atração da cidade
O famoso English Market – a principal atração da cidade

DSC00199

DSC00187

DSC00191

DSC00193

DSC00195

DSC00194

BISHOP LUCEY PARK

DSC00214

DSC00216

ST. FIN BARRE’S CATHEDRAL – Catedral neogótica concluída em 1870.

DSC00239

DSC00241

DSC00242

DSC00256

DSC00279

ELIZABETH FORT

DSC00261

DSC00263DSC00265DSC00273

UNIVERSITY COLLEGE CORK

DSC00283

DSC00286

DSC00289

FITZGERALD’S PARK

DSC00297

DSC00301

DSC00299

RED ABBEY

DSC00403

HOLY TRINITY CHURCH

DSC00415

CORK OPERA HOUSE

DSC00309

Existem outras atrações na cidade também, como a St Anne’s Shandon, o Cork Butter Museum e o Cork City Gaol, mas elas tiveram que ficar para uma próxima visita. Nós aproveitamos boa parte do tempo na cidade para curtirmos nossos amigos, enquanto bebíamos cervejas de qualidade e comíamos comidinhas deliciosas.

Olhem os lugares onde fomos:

Pub sensacional na esquina da Caroline Street com a rua que dá nome ao bar
Pub sensacional na esquina da Caroline Street com a rua que dá nome ao bar

DSC00314

Restaurante Elbow Lane maravilhoso!
Restaurante Elbow Lane maravilhoso!
Cozinha aberta super transadinha...
Cozinha aberta super transadinha…
Best ribs ever!
Best ribs ever!

Domingo (10/05/2015)

Saímos do albergue com eles para conhecermos a antiga fábrica da Jameson, que fica na cidade de Midleton, a 20 minutos de carro de Cork. Pagamos 15 euros pelo tour THE JAMESON EXPERIENCE de quase 1 hora, que tem bastante explicação sobre os ingredientes e processos. No final do tour, tivemos uma degustação comparativa de 3 whiskeys famosos (Jack Daniels, Black Label e o Jameson, claro) e confesso que gostei mais do irlandês (apesar de continuar não sendo muito fã). Assim que o tour acabou, ainda tivemos direito a uma dose de Jameson, sendo que eu pedi misturado com gengibre e limão. Uma delícia…desceu como refrigerante…

DSC00341

DSC00347

DSC00348

DSC00360

DSC00364

DSC00363

DSC00371

DSC00375

DSC00344

Voltamos para Cork e eles seguiram viagem para Kilkenny. Em Cork, nós passeamos um pouco mais pelo centro da cidade e paramos para almoçar no restaurante Market Lane, que fica ao lado do restaurante do dia anterior, o  Elbow Lane. Ambos são nota 4.5 no TripAdvisor e o primeiro é ganhador de vários prêmios. Nós pedimos um menu que dava direito a entrada + prato principal + sobremesa por 23 euros.

Valeu cada centavo! Fica a dica 🙂

DSC00400

DSC00385

DSC00390

Passeamos um pouco mais e depois paramos no bar/restaurante Gallagher’s, que fica na rua do nosso albergue e é bem aconchegante. Aproveitamos que estava chovendo e ficamos fazendo hora ali mesmo, bebendo algumas cervejas boas…ótimo jeito de passar o tempo, né? 🙂DSC00419

 **********************************************************************

Quer ajudar o blog sem gastar nada por isso?:)

Nós ganhamos uma pequena comissão se você fizer reservas e compras pelos links abaixo:

Agradecemos de coração!❤