Search
Search
Close this search box.
Mochilões e Mochilinhas

1 dia em Sintra

Índice

Dia 2/3/2017 (quinta-feira)

Saímos de carro desde Cascais perto de meio dia e só tivemos a tarde para conhecer Sintra. Optamos por visitar as duas principais atrações da cidade, o Palácio da Pena e o Castelo dos Mouros, mas já pensamos em voltar um dia para conhecer com calma as ruas lindinhas do centro, o Palácio de Queluz e o Palácio Nacional de Sintra.

Muita gente vai a Sintra de trem desde Lisboa e pega depois um ônibus até essas duas atrações que ficam no alto da cidade, mas como estávamos de carro, subimos dirigindo e torcendo por uma vaga pro carro. Com a ajuda de mapas bem explicadinhos na rua, nós conseguimos parar o carro no estacionamento mais perto do palácio, ou seja, só precisamos subir a pé um trecho bem pequeno

Palácio da Pena

Chegamos até a bilheteria e compramos os bilhetes combinados nas máquinas disponíveis para evitar a fila, mas se você preferir, pode comprar direto com os atendentes também. Nós subimos a pé até o palácio, mas é possível pegar um shuttle para não fazer esse exercício todo (é uma subidinha boaaaa). O que importa é chegar lá e ver o palácio que deve ser o mais colorido do mundo. 🙂

Um resuminho da história para vocês: O palácio foi construído no século XIX pelo marido da rainha Maria II. Fernando projetou vários de seus elementos e contratou um arquiteto alemão para incluir excentricidades de todo o mundo em seu palácio de verão. Com a proclamação da República em 1910 – ou seja, com o fim da monarquia – , o palácio deixou de ser utilizado pela família real e se tornou um museu, mas tudo que está lá dentro é de quando a família real morava. Adoro passear por palácios e me imaginar morando neles, mas estava tão cheio, tão cheio, que foi impossível fazer isso. A quantidade de pessoas tirando fotos de todos os ângulos, objetos, cômodos e detalhes fez eu perder um pouco a paciência…rs.

Castelo dos Mouros

Saímos de lá depois de um bom tempo de visita e descemos a pé até o Castelo dos Mouros, que estava um pouco mais vazio, felizmente. Erguido sob a cidade antiga, do castelo mourisco construído no século X, você só verá as muralhas e torres, mas terá vistas sensacionais se o dia estiver claro. Nós subimos toda a escadaria (haja fôlego) e valeu muito a pena pelo visual, mesmo com o céu cinzento. Vou deixar as fotos falarem por mim:

Dá para ver de longe o Palácio da Pena, olha:

Saímos de lá satisfeitos com o passeio, mas sem pique para conhecer o centrinho a pé. Passamos apenas de carro e deu pra ver que é bem bonitinho. Iremos voltar com certeza e escreverei aqui pra vocês!

Índice

Parceiros
Recentes
Newsletter
Facebook
Planeje sua viagem
Booking.com

Planeje sua viagem com nossos parceiros!

Ao usar os links abaixo para organizar sua viagem, você ajudará este blog a continuar existindo, já que os nossos parceiros nos repassarão uma pequena comissão. Você não pagará nada mais por isso e nós ficaremos muito felizes! :)

Conteúdo Relacionado

Comentários

4 respostas

  1. Eu adorei essa cidade e acabei voltando outro dia para continuar a fazer as visitas. Na verdade o lugar que eu gostei mais foi a Quinta da Regaleira, inclua na sua próxima ida até lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter