Terça-feira (23/12/2014)

Agendamos nosso tour da Abadia de Melk quando ainda estávamos em Dublin, porque esta é a instrução no site deles, principalmente se você for no inverno e tiver interesse pelo tour em inglês e não em alemão. (Custou 12 euros por pessoa e começou às 14h em ponto.) Como chegamos na cidade em cima da hora do tour, deixamos as nossas mochilas nos lockers da estação de trem e fomos correndo para lá. A cidade e a abadia de Melk, sede original da dinastia Babenberg, ficam entre Viena e Salzburgo, na margem esquerda do Danúbio. No século 11, Leopoldo II convidou os beneditinos da abadia de Lambach para se instalarem em Melk e deu aos religiosos terra e um castelo, que os monges transformaram em uma abadia fortificada. Ela foi quase completamente destruída por um incêndio em 1297, teve que ser reerguida várias vezes e no século XVI, resistiu aos ataques turcos.

A abadia  é realmente incrível. Quando você chega na cidade e olha para ela no topo da cidade, não tem como não ficar impressionado com o seu tamanho e beleza. Quando está dentro dela e olha o visual da cidade e do rio, fica encantado com o que vê. Além disso tudo, ela tem a igreja mais linda que já visitei até agora (Jan/2015) e uma biblioteca simplesmente espetacular (pena que não pude tirar fotos). Valeu muito a pena a visita!

IMG_20141223_155322243
Apenas um pedaço da imponente abadia!
Entrada imponente
Entrada imponente
Um dos prédios
Um dos prédios

DSCN3118

Uma foto do complexo
Uma foto do complexo
Ou uma maquete, se preferir
Ou uma maquete, se preferir
Igreja por fora
Igreja por fora
DSCN3154
Igreja por dentro
DSCN3158
Teto lindo
Escadaria famosa
Escadaria famosa
Um dos salões principais
Um dos salões principais
Teto lindíssimo
Teto lindíssimo
Vista da cidade
Vista da cidade

Saímos de lá rumo à estação de trem para buscar nossas mochilas e procurarmos nosso hotel, o Madar Café Restaurant zum Fürsten (66 euros a diária, com café da manhã). Ele fica no centro da cidade, em uma rua somente para pedestres que parece ser a mais movimentada de lá (como não tinha muita gente andando, não consigo afirmar com certeza). A cidade é muito pequena, calma e tem uma arquitetura fofa.

Nosso hotel, apesar de ser bem avaliado no Booking, era bem estranho. Não tem recepção, então ficamos um pouco perdidos. Entramos na cafeteria que fica embaixo dele e para nossa surpresa, o garçom nos entregou a chave e nos mostrou o caminho para os quartos, que fica na lateral do prédio, em uma porta meio escondida. Não gostamos muito da aparência do hall e nem do quarto, que tinha um pouco de cheiro de cigarro,  mas deu para o gasto.

DSCN3167

DSCN3170

IMG_20141223_162549509

IMG_20141223_162534792

Saímos para jantar na melhor pizzaria da cidade, Pasta e Pizza, que para nossa surpresa estava cheia em plena terça-feira. A comida estava gostosa, assim como as cervejas austríacas que provamos (não lembro os nomes, mas o melhor de tudo foram os preços, que eram baixos se comparados ao que já vimos na Europa. Comemos duas pizzas e bebemos 2 litros de cerveja por 25 euros. O que acha?

IMG_20141223_180703390

Quarta-feira (24/12/2014) – Véspera de NATAL

O café da manhã estava incluído na diária e adivinha onde tomamos? Lá mesmo, na cafeteria que fica embaixo do hotel Acho que deve ser tudo do mesmo dono. Comemos relativamente bem e depois pegamos nosso trem para Viena (31 euros para nós dois) e em menos de uma hora, estávamos lá. Que diferença chegar em uma cidade grande…

OBS: Não sei se vale a pena realmente dormir lá, como fizemos, mas com certeza vale a pena uma parada para ver a abadia. Fica entre Salzburgo e Viena e você só vai demorar algumas horas no tour!

 **********************************************************************

Quer saber mais sobre a nossa viagem de 16 dias pela Áustria, Hungria e Eslováquia?  É só clicar nos links abaixo:

  • Resumão da viagem de 16 dias – veja aqui todos os detalhes
  • Salzburgo em 5 dias – veja aqui todos os detalhes
  • Hallstatt e Bad Ischl em 1 dia  – veja aqui todos os detalhes
  • Viena em 3 dias – veja aqui todos os detalhes
  • Budapeste em 2 dias – veja aqui todos os detalhes
  • Bratislávia em 3 dias – veja aqui todos os detalhes

 **********************************************************************

Quer ajudar o blog sem gastar nada por isso?:)

Nós ganhamos uma pequena comissão se você fizer reservas e compras pelos links abaixo:

Agradecemos de coração!❤