Mochilões e Mochilinhas
Palacio de Mafra

1 dia em Mafra

Índice

No dia 03/07/2020, deixamos o Paddy na creche e dirigimos de Cascais até Mafra e depois até Encarnação para almoçarmos em um restaurante legal, o Golfinho Azul. O total de tempo de estrada foi de aprox 3h ida e volta e apesar de estarmos no meio de uma pandemia, deu pra dar uma boa relaxada. 🙂

Assim que entramos na cidade de Mafra, vimos o Palácio e ficamos impressionados com seu tamanho e beleza. Olha só ele de lado:

Paramos o carro no estacionamento bem ao lado dele (pagamos com moedas na maquininha)  e quando estávamos atravessando a rua, um carro dos bombeiros passou com mensagem automática sobre proteção durante a pandemia. Já estávamos de máscaras e prontos para entrar no palácio, mas paramos ainda assim para ouvir. Caiu a ficha que não estávamos viajando nas CNTP…muito louco tudo isso…

Ao entrarmos na bilheteria, um senhor com máscaras estava controlando o fluxo de pessoas e pediu para que aguardássemos. Quando entramos, pagamos 6 euros para nós 2 com cartão (não estão aceitando dinheiro) e ao pedirmos um mapa da visita, a atendente disse que estava desatualizado e que conseguiríamos passear sem ele. Subimos as escadarias e fomos seguindo todo o trajeto indicado nas salas. Há realmente placas com textos explicativos, mas a ordem deles não fez nenhum sentido. Em uma sala há texto sobre as salas que já foram vistas e isso nos deixou um pouco perdidos e frustrados, confesso. Qualquer administrador de museus deveria saber como explicar o que existe em cada sala na ordem correta, né? Well, well, well…ainda assim valeu muito a pena a visita. 

Aqui vai um resumo deste lugar:

O Palácio de Mafra, composto por um Paço Real, uma Basílica e um Convento, foi construído por D. João V (1707-1750) para ser residência de férias da família real e é considerado atualmente o monumento barroco mais importante de Portugal. Ele é lindamente trabalhado em pedra lioz da região, ocupa 38.000 m2, com 1.200 divisões, 4.700 portas e janelas e 156 escadas, magnificência apenas tornada possível pelo afluxo de ouro do Brasil. O rei encomendou esculturas e pinturas a Mestres Italianos e Portugueses e, na Flandres, dois carrilhões com 92 sinos – os maiores do tempo. Integra ainda um conjunto de seis órgãos históricos na Basílica, uma importante biblioteca do século XVIII, com cerca de 38.000 volumes (!!!!), e um Núcleo Conventual, com um hospital da época.

Achamos o passeio de 2h muito interessante, principalmente a biblioteca e a basílica, ambas enormes e lindíssimas, e os tetos maravilhosos das salas do Paço Real. Como eu amo o estilo barroco… <3 

Ah, a sala de caça também é bem interessante. Algumas fotos da visita:

Paço Real:

Basílica:

Biblioteca:

Passamos depois em uma lanchonete para comprar snacks/imã de geladeira e depois fomos passear no Jardim do Cerco, que fica ao lado do palácio e tem entrada gratuita. São 8 hectares de área, com ofertas de recantos, sombras, cascatas ou até mesmo uma horta peculiar: a Horta dos Frades, onde estão à vista as plantas utilizadas nos produtos medicinais (farmácia), aquando da sua construção, ordenada por D. João V. Existe também um espaço denominado Horto das Aromáticas, que apresenta cerca de 39 espécies de plantas com utilização para fins medicinais e condimentares. Uma delícia o lugar, olha só:

Pegamos o carro e fomos em direção à Ericeira, cidade que fica na costa, pois queríamos almoçar vendo o mar, e no caminho achamos um restaurante no TripAdvisor do jeito que queríamos, o Golfinho Azul, que não fica em Ericeira em si, mas é super perto. Liguei para fazer reserva e em poucos minutos estávamos sentados com esta vista maravilhosa da Praia da Encarnação, sendo super bem atendidos por uma garconete querida. Pedimos de entrada pão, hummus e chocos – moluscos comuns em Portugal com gosto semelhante às lulas – e depois moqueca de camarão para mim e polvo para o Celo. Tudo delicioso! É um achado esse lugar, pode anotar…

Saímos de lá no tempo certinho para buscar o baixinho na creche. Foram poucas horas de passeio, mas deu uma baita reenergizada, sabe? Ahhhh que saudade que eu estava de passear!!! 🙂

____________ //____________

Saiba mais sobre nossas outras viagens por PORTUGAL aqui.

Quer nos ajudar a manter o blog atualizado ? Use os links abaixo! Você não pagará mais por isso e nós receberemos uma comissão pela indicação.

Thanks! ❤

 

 

 

Índice

Parceiros
Recentes
Newsletter
Instagram
Facebook
Planeje sua viagem
Booking.com

Planeje sua viagem com nossos parceiros!

Ao usar os links abaixo para organizar sua viagem, você ajudará este blog a continuar existindo, já que os nossos parceiros nos repassarão uma pequena comissão. Você não pagará nada mais por isso e nós ficaremos muito felizes! :)

Conteúdo Relacionado

1 dia na região de Entre-os-Rios, no Douro

Passamos 1 dia na região de Entre-os-Rios explorando as vistas maravilhosas dos miradouros, conhecendo uma praia fluvial, aproveitando a piscina da nossa quinta e comendo super bem em um restaurante bem indicado. Um dia bem passado, com certeza!

LEIA MAIS »
Nosso roteiro de 1 dia em Braga

Passamos um dia conhecendo Braga e o famoso Santuário Bom Jesus do Monte, que fica nos arredores, e adoramos a terceira maior cidade portuguesa. Comemos super bem, fomos muito bem tratados por onde passamos e ainda encontrei uma amiga que não via há muito tempo. Foi ótimo!

LEIA MAIS »

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter