Search
Search
Close this search box.
Mochilões e Mochilinhas

A primeira neve das crianças na Sierra Nevada

Índice

Decidimos no ano passado que queríamos mostrar a neve para as crianças pela primeira vez e começamos a pensar em destinos bacanas e não muito caros para irmos. Pensamos em aproveitar o feriado do carnaval, mas como era bem perto da nossa volta do Brasil, achamos que outra viagem de avião ficaria cansativo demais. Optamos então por ir de carro desde Cascais até Sierra Nevada, na Espanha, porque a neve seria garantida – diferentemente da Serra da Estrela, em Portugal – , e lá fomos nós. Que emoção ver os baixinhos brincando na neve! 🙂

De Cascais até Sierra Nevada de carro

Se você quiser ir direto para Sierra Nevada desde Cascais, vai levar cerca de 8h de carro porque são quase 800km de distância. Para nós com duas crianças de 6 anos e quase 3 anos, seria extremamente cansativo e estressante ir direto, então o jeito foi montar um roteiro com paradas pelo caminho e atrações diferentes que agradassem a todos.

Roteiro Resumido de 8 dias

Nossa planilha de planejamento:

Agora o mapa com o percurso feito:

O resumo dos números da viagem de carro:

Agora um resumo por escrito do que fizemos em cada dia:

  • Saímos de Cascais no domingo no final da manhã e chegamos no parque aquático Aquashow Indoor em Quarteira, Algarve, no meio da tarde. Passamos 3 horas deliciosas lá dentro e depois jantamos perto do nosso hotel ali por perto.
  • Na segunda-feira, dirigimos desde Quarteira até Setenil de Las Bodegas, a cidade construída embaixo de uma rocha que é super famosa nas listas de lugares mais lindos da Espanha. Paramos para no caminho para conhecer a charmosa Vila Real de Santo Antônio, pegamos um ferry para cruzar para Ayamonte, na Espanha, almoçamos por lá e depois seguimos para Setenil. Jantamos e dormimos nesta cidade fofíssima da Andaluzia.
  • Terça-feira: dia de finalmente ver a neve! Saímos no final da manhã de Setenil e dirigimos rumo a Sierra Nevada. Pegamos engarrafamento na estrada por causa de um protesto dos agricultores espanhóis e tivemos que dar uma desviada do roteiro e almoçar em Antequera. Seguimos depois com as crianças dormindo no carro e chegamos em Sierra Nevada no final da tarde. Deu tempo pelo menos de brincar um pouco na neve e foi uma alegria só! 🙂
  • Na quarta-feira, acordamos na Sierra Nevada e ficamos em Pradollano curtindo a neve sem nenhuma pressa. Jantamos no nosso hotel que ficava na estrada para a SN e depois fomos direto descansar.
  • Na quinta, fomos explorar outros lugares da Sierra Nevada que tinham neve e depois descansamos e jantamos no hotel. Dia calmo, mas cansativo depois de tanta brincadeira no frio.
  • Na sexta-feira, fomos pela manhã no centro médico em Pradollano porque a Ju caiu no hotel e abriu o queixo. Depois dirigimos até Frigiliana, uma vila charmosa espanhola que fica na Costa do Sol. Almoçamos por lá, fizemos o tour de trenzinho, tomamos sorvete e então dirigimos até outra vila super agradável chamada Nerja. Lá está a Varanda da Europa, um miradouro com uma vista espetacular, e umas cavernas com os desenhos mais antigos do mundo, mas estes infelizmente nós não conseguimos ver. Dirigimos depois para nosso hotel em Estepona e jantamos no conforto do nosso apartamento um macarrãozinho com queijo descomplicado.
  • No sábado, saímos do nosso hotel com destino a Gibraltar, mas infelizmente fomos barrados na entrada porque esquecemos de levar meu passaporte e fomos apenas com meu AR (autorização de residência). As crianças e o Celo são portugueses e estavam apenas com o cartão cidadão e conseguiriam entrar, mas eu sendo só brasileira, precisava estar com o passaporte. Fica a lição aprendida. Seguimos para Cadiz, onde almoçamos, e depois pegamos estrada até o nosso último hotel na cidade de Zafra.
  • No último dia da viagem, saímos de Zafra depois do café da manhã e fomos explorar a região de Alqueva, passando em Mourão e na Praia Fluvial de Monsaraz.conhecíamos Monsaraz de outra viagem, mas se não estivéssemos tão cansados, voltaríamos lá. Almoçamos por perto e seguimos depois direto para casa.

Nossas Hospedagens

Pegamos um quarto standard, mas quando chegamos sentimos muito cheiro de tinta – tinha acabado de ser renovado – e a água na banheira estava saindo suja. Depois de reclamarmos com a recepção, decidiram nos dar um upgrade para um quarto com vista mar e ficamos bem felizes com dormir ouvindo as ondas. O café da manhã foi bem completo, mas não gostei que o hotel não tem estacionamento dentro e tivemos que rodar um pouco para encontrar vaga para o carro.

Este apartamento bem no centro da vila fofa de Setenil é bastante espaçoso e tem uma vista espetacular da vila. Possui um quarto, um banheiro grande, uma sala/cozinha e um terraço no andar superior que deve ser maravilhoso em meses mais quentes. Não é muito acessível porque tem que subir um andar de escada no prédio e temos que parar o carro um pouco afastado, mas é uma vizinhança bem tranquila e o apê é uma graça. Única coisa que eu acho que eles poderiam melhor – e eu dei feedback – é colocar um aquecedor potente no banheiro porque fomos no inverno e o achei beeeem frio.

Reservamos pelo Booking, mas quando entrei agora para pegar o link do hotel, apareceu que estão fora do site. Hotel pequeno, aconchegante, com restaurante embaixo dos quartos, grande estacionamento, sala de brinquedos para as crianças e sala de convivência com sofás, TV e lareira. Fica na estrada entre Granada e a estação de esqui e tem quartos de vários tamanhos. Pegamos um quarto que achei pequeno para nós 4 e tivemos o azar do nosso chuveiro ter o suporte quebrado, mas tirando isso, gostamos do local.

Depois de 3 noites dormindo em um quarto de hotel apertado com infraestrutura pouco moderna, pudemos relaxar por uma noite nesse resort gigantesco em nosso apartamento moderno de 2 quartos e 2 banheiros com vista super desafogada. Nos sentimos ricos e pagamos menos de 70 euros pela diária. O complexo todo é um grande labirinto, mas nele você vai encontrar piscina, mercado, academia, restaurantes e outras facilidades que fazem a estadia mais agradável. Gostei bastante do café da manhã, pois tinha muita variedade e o restaurante tinha uma varanda bem gostosinha.

Nosso último hotel da viagem foi escolhido por causa do preço (75 euros) e localização no meio do caminho entre Estepona e Cascais. Queríamos ter dormido em Aracena, mas achamos que teríamos que dirigir muito no último dia da viagem, então acabamos ficando em Zafra mesmo. Nosso hotel ficava no centrinho da cidade bem ao lado da muralha do século 15 e parece que foi reformado recentemente, porque está bem decorado e bem cuidado. Nosso apartamento era grande, com cozinha, sofá, cama e banheiro privado, e nós jantamos e tomamos café da manhã no restaurante do próprio hotel.

Roteiro Detalhado

Quer saber todos os detalhes da nossa viagem? Clique no link abaixo para ler tudinho:

Nossa viagem em fotos

Agora um pouco das nossas lembranças por lá:

Índice

Parceiros
Recentes
Newsletter
Instagram
Facebook
Planeje sua viagem
Booking.com

Planeje sua viagem com nossos parceiros!

Ao usar os links abaixo para organizar sua viagem, você ajudará este blog a continuar existindo, já que os nossos parceiros nos repassarão uma pequena comissão. Você não pagará nada mais por isso e nós ficaremos muito felizes! :)

Conteúdo Relacionado

Onde ficar em Cascais

Quer vir conhecer a lindinha Cascais mas não sabe onde ficar? Continue lendo! Vivo aqui com a minha família desde 2019 e conheço bastante a

LEIA MAIS »

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter