Mochilões e Mochilinhas

9 dias pelo Centro e Norte de Portugal

Índice

Decidimos no verão deste ano fugir das praias do Alentejo e Algarve e explorar um pouco mais as regiões do Centro e Norte do país. Ficamos 9 dias conhecendo as principais cidades com minha sogra e nossos filhotes de 1 e 4 anos, e apesar de não ter sido uma viagem relaxante, achamos o saldo muito positivo. Visitamos diversos lugares históricos, comemos refeições deliciosas e ficamos hospedados em quintas bem rurais que deram uma boa reenergizada em todos nós.

Os trajetos de carro foram pensados para não serem maçantes para as crianças – e nem para nós – mas eventualmente tivemos momentos mais difíceis, com todos cansados, com fome, entediados, etc. Roadtrip com crianças é isso, né… Ainda assim, continuo insistindo em viajar com meus pirralhinhos amados. <3

Agora vamos ao que interessa: o roteiro e os detalhes!

Roteiro resumido

No nosso planejamento inicial, tínhamos pensado em explorar o Centro e o Norte de Portugal e incluir também a Galícia, região da Espanha que fica bem em cima de Portugal, pois havíamos lido vários posts interessantes sobre as Ilhas Cíes. No entanto, depois que começamos a escrever as distâncias na planilha de programação, vimos que ficaria muito corrido com as crianças e optamos por passear apenas por Portugal mesmo.

Como já conhecíamos a cidade do Porto (leia sobre nosso passeio aqui), decidimos não repetí-la e focamos nas outras mais importantes, como Braga, Guimarães, Barcelos, Ponte de Lima, Leiria, Aveiro e Viana do Castelo, entre outras menores. No final, o roteiro ficou assim:

Mapa das cidades visitadas e hoteis

Roteiro detalhado

Como visitamos muitos lugares e eu gosto de detalhar tudo, vou quebrar em posts menores, OK? Aqui vai a lista com todos eles:

Hospedagens

Sempre tentamos trocar pouco de hotel com as crianças, mas como as distâncias eram muito grandes, acabamos escolhendo 4 lugares diferentes para dormirmos nas 8 noites. São os pontos vermelhos no mapa acima. Nós demos um certo mole e fechamos as hospedagens com pouco tempo de antecedência, então não achamos tantas opções legais no Booking com preços camaradas. Encontramos essas que cumpriram os nossos critérios de nota acima de 8, cancelamento gratuito e piscina, e lá fomos nós!

Resumindo: Escolhemos o Hotel de Ilhavo Plaza & Spa para as 2 primeiras noites na região de Aveiro/Ílhavo,  depois a Casa de Santa Comba para ser nossa base por 3 noites para explorar as várias cidades do Minho, depois a Quinta De Abol De Baixo no Douro para outras 2 noites, e por fim, a Casa da Alzira nos arredores de Águeda para a última noite, já no caminho de volta para Cascais.

Hotel de Ilhavo Plaza & Spa

Fiquei impressionada com os preços caríssimos dos hoteis da região de Aveiro, Costa Nova e Ílhavo para as nossas datas. Optamos por este pois ficava perto do Museu da Vista Alegre – eu queria muito visitar mas não deu tempo -, além de ter piscina aquecida e restaurante, 2 facilities excelentes para quem tem filhos pequenos. Ele é um hotel com alguns andares e sem charme, com formato em U e piscina no centro, oferece massagens, jantar com preço fixo em um restaurante charmosinho, café da manhã bem completo em um salão com vista para a piscina e quartos confortáveis.

Infelizmente, não demos sorte com o ar condicionado dos 2 quartos, que durante as madrugadas pararam de funcionar, e ficamos sem cadeirinha de bebê durante o café da manhã por erro de algum funcionário na hora da lavagem/secagem. Pelo menos conseguimos curtir a piscina interna aquecida na segunda noite e foi bom demais ver o pequeno serelepe! Achei o valor da diária de 170 euros too much pro que oferece, mas como deixamos para última hora, não tivemos como escapar. Outra opção que cogitamos foi o Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel.

Casa de Sta Comba

Esta quinta com terreno considerável e belíssima casa principal está na mesma família há muitas gerações e possui algumas das suas construções do século 15, o que é impressionante. Tem uma piscina que tem sol o dia inteiro, um gramado enorme excelente para crianças correrem, uma área para cavalos, galinhas, gansos e cães (eles têm hotel e centro de treinamento lá), muitas plantações e até uma capela fofa.

Os quartos não tinham ar condicionado e um deles era bem pouco ventilado, o que foi um tanto desagradável pois pegamos dias de muito calor na região. O café da manhã foi igual e bem simples nas 3 manhãs que lá estivemos, o atendimento deixou um pouco a desejar, assim com a cozinha que podíamos usar, mas adoramos a vista ao final do dia e a paz do lugar. Se este lugar for melhor gerenciado, vai ser sucesso absoluto e eles poderão cobrar uma fortuna, não tenho dúvidas! Pagamos 95 euros pela diária.

Quinta De Abol De Baixo

Esta quinta está dentro de um terreno enorme e seu dono é um senhor muito simpático e falante…rs. Os quartos são relativamente novos e bem espaçosos, e estão bem afastados da casa principal, onde o café da manhã é servido. O terreno é bastante arborizado e a região da piscina tem uma vista bem legal do rio que eu achava que era o Douro, mas que na verdade é o Tâmega.

O café da manhã foi praticamente igual ao da quinta anterior, com as mesmas frutas inclusive, então não achamos nada demais. Eles não tinham cadeirinha para bebê, o que dificultou um pouco a nossa vida, mas nos viramos com o carrinho da Juju. No dia do checkout, as faxineiras estavam do lado de fora dos nossos quartos aguardando a nossa saída, mas quando dissemos que íamos na piscina ainda e voltaríamos depois para tomarmos banho, elas não ficaram muito contentes não. Como estávamos respeitando os horários de checkout do Booking, não tínhamos culpa, né…paciência. Ah, também pagamos 95 euros pela diária.

Casa da Alzira

Esta última hospedagem foi uma agradável surpresa para nós. Já estávamos cansados de 8 dias de viagem e chegamos em uma casa totalmente reformada, com jardim grande e impecável, piscina, jacuzzi e uma senhora muito simpática que falava mais espanhol que português. Fomos muito bem atendidos, gostamos dos quartos confortáveis (o box do chuveiro poderia ser maior para ajudar no banho das crianças), e adoramos a jacuzzi com água quentinha.

O café da manhã foi servido em uma mesa enorme com outros poucos hóspedes e foi também parecido com os 2 cafés anteriores, mas achei a apresentação mais cuidadosa, sabe?  E o melhor, custou 70 euros a diária, talvez porque a região não fosse lá grandes coisas, né…

A viagem em fotos

Como sempre, algumas fotos que resumem essa viagem deliciosa com a família:

Gostou do post? Compartilha com os amigos ou comenta aqui pra dar uma moral! 🙂

Se quiser saber mais sobre passeios em Portugal, veja o que a Civitatis deixa você reservar:

Índice

Parceiros
Recentes
Newsletter
Instagram
Facebook
Planeje sua viagem
Booking.com

Planeje sua viagem com nossos parceiros!

Ao usar os links abaixo para organizar sua viagem, você ajudará este blog a continuar existindo, já que os nossos parceiros nos repassarão uma pequena comissão. Você não pagará nada mais por isso e nós ficaremos muito felizes! :)

Conteúdo Relacionado

1 dia na região de Entre-os-Rios, no Douro

Passamos 1 dia na região de Entre-os-Rios explorando as vistas maravilhosas dos miradouros, conhecendo uma praia fluvial, aproveitando a piscina da nossa quinta e comendo super bem em um restaurante bem indicado. Um dia bem passado, com certeza!

LEIA MAIS »

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter