Search
Search
Close this search box.
Mochilões e Mochilinhas

1 dia na região de Entre-os-Rios, no Douro

Índice

Chegando no Douro

Seguimos viagem até a nossa próxima hospedagem, a Quinta de Abôl de Baixona região do Douro, que ficava a cerca de 1 horas de Guimarães.

Fizemos checkin com o dono da quinta, um senhor muito simpático e tagarela, deixamos as nossas coisas no quarto e nos arrumamos para o jantar que já tínhamos reservado no restaurante Ponte de Pedra. Achei o ambiente barulhento demais e a comida demorou muito, mas estava gostosa pelo menos. Voltamos exaustos para a quinta e dormirmos super bem!

(Este dia de passeio foi dentro de uma viagem de 9 dias pelo Centro e Norte de Portugal. Para saber mais sobre esta viagem, leia o artigo 9 dias pelo Centro e Norte de Portugal)

Dia 7 – sexta-feira (26/08/2022)

Acordamos cedo com os pequenos e fomos até a casa principal da nossa quinta para tomarmos o café da manhã. Vimos as mesmas frutas dos últimos dias nas outras hospedagens, assim como pães, queijo, presunto, sucos não naturais, geleia, manteiga cereais, chá, café e leite. Deve ser um padrão para as quintas portuguesas, não sei… rs. Deu uma desanimada, confesso. Para piorar, infelizmente eles não tinham cadeirinha para bebês, então tivemos que nos virar com colo e depois carrinho para a Ju comer e nos deixar comer também.

Passeamos um pouco pela quinta e depois fomos aproveitar a piscina, que tem uma vista bem bacana para o rio Tâmega e estava vazia, todinha para nós. Foi tudo perfeito, porque estava calorzão com sol a pino, nenhum vento e a água estava agradabílissima, então fizemos a festa.

Almoço no Olivetto

Só saímos de lá porque tínhamos que nos arrumar para o almoço que tínhamos reservado no Olivetto, um restaurante bem transadinho que fica dentro da Quinta de Santo Antonio Country Home e Villas. O atendimento deixou a desejar, mas o ambiente é lindo e a comida estava ótima, então acho que vale a pena visita. Nós achamos que seria um almoço com vista para o rio, mas a nossa mesa estava no interior do restaurante e não na esplanada, mas também com o calor que estava fazendo, nem achamos ruim…rs. Ah, eles tinham cadeiras para bebê! Uhull!!

Depois da fartura, começamos a dirigir pela região e as crianças rapidamente dormiram no carro. Hora de aproveitar para fazer aquele turismo dentro do carro, claro! 

Passeando pela região

Paramos em 2 miradouros, o Miradouro do Torrão e o Miradouro de Catapeixe, e depois fomos conhecer rapidinho a Praia do Castelo, que fica bem em frente a Ilha dos Amores e estava lotada! Por um momento, o Celo até se animou para entrar na água, mas acabou desistindo porque não queria molhar a bermuda. Eu nem me empolguei porque não gosto da ideia de entrar em água de rio, mas achei interessante como as famílias estavam tranquilas e curtindo o local. Realmente é um bom lugar para ir com filhos pequenos porque não há ondas, o espaço de areia é pequeno então é difícil as crianças se perderem, há possibilidade de alugar caiaques, boias, coletes e além disso, há um salva-vidas à disposição. Quem sabe um dia a gente vá passar umas horas em uma praia fluvial, né? Quem sabe…

As crianças acordaram e fomos voltando para a quinta. Paramos em um mercado local para comprar lanches para o jantar e voltamos cedo pros nossos quartos para descansarmos e lancharmos antes de dormir. Esse com certeza foi o dia mais relax da viagem!

Dia 8 – sábado (27/08/2022)

Tomamos café da manhã, arrumamos boa parte das nossas coisas e depois fomos aproveitar mais um pouquinho a piscina deliciosa do lugar. Clima igual ao dia anterior, ou seja, perfeito para mergulhos, mas dessa vez tivemos que ficar menos tempo porque tínhamos que fazer checkout até meio dia.

Saímos de lá renovados e fomos almoçar no restaurante A Fininha, que apesar de ser mais simples, tinha uma feijoada portuguesa deliciosa, vista para o rio e atendimento muito bom. É bom revezar restaurantes mais arrumadinhos com outros mais caseiros, né? Deu até um alívio quando a conta chegou… foi menos de 10 euros por pessoa com entradas, pratos principais, sobremesas e bebidas. Tudo de bom!

Partimos depois para Águeda, no meio do caminho para nossa casa em Cascais.

Todos os posts desta viagem

Se quiser saber mais sobre este viagem de 9 dias pelo Centro e Norte de Portugal, veja os posts abaixo:

Índice

Parceiros
Recentes
Newsletter
Instagram
Facebook
Planeje sua viagem
Booking.com

Planeje sua viagem com nossos parceiros!

Ao usar os links abaixo para organizar sua viagem, você ajudará este blog a continuar existindo, já que os nossos parceiros nos repassarão uma pequena comissão. Você não pagará nada mais por isso e nós ficaremos muito felizes! :)

Conteúdo Relacionado

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter